|
vazio
|

Terminologia | Origem  | Variedades | Ambiente
Viveiro | AlimentaçãoReprodução | Doenças

Alimentação

A carpa é um peixe onívoro, portanto come de tudo. Por não possuir estômago, o ideal é alimentá-la várias vezes ao dia. A base da quantidade é 2% do peso do peixe por dia para a carpa adulta e maior porcentagem (até 6%) para as carpas na fase de crescimento. A elevação da temperatura e a boa qualidade da água fazem com que aumente o apetite das carpas.

Ração

Balanceada para cada estágio de desenvolvimento: proteína, gordura, carboidrato, vitaminas, sais minerais e elemento intensificador de coloração.
Fabricação recente: quanto mais "fresca" for a ração melhor será, portanto verifique sempre o prazo de validade que pode variar de 90 dias a 3 anos conforme o tipo de embalagem.

Alimentos Vivos

Minhoca, tubifex, artemia salina, dáfnia, larva de inseto, caramujo (carne), etc.

Outros alimentos

Pão, carne, frango, peixe, massas, crisálida de bicho da seda, camarão, abóbora, milho, batata doce, arroz, trigo, feijão, repolho, couve-manteiga, melancia, etc.

Tenha cuidado para que as sobras não estraguem a água.
Na troca repentina de alimentos, normalmente as carpas não aceitam, no início, novo tipo de alimento. O ideal é efetuar a troca gradativamente.

Maneira de alimentar

O mais indicado é que se alimente os peixes sempre no mesmo local e, de preferência, pela mesma pessoa (mesmo ruído), para que os peixes se acostumem com o tratador, chegando a comer na mão e até receber carícias.

Jejum

O jejum é feito em algumas circunstâncias:

- Tratamento de doenças: um dia antes, durante o banho com medicamento e um    dia depois
- Transporte (pequena distância): um a dois dias antes
- Exposição/concurso e transporte demorado: 3 a 5 dias antes
- Viagem (do criador) de uma semana: dar a mesma quantidade de comida até o    último dia antes da viagem e deixar sem alimentação durante a viagem.

.
Piraporanga - Comércio de Produtos Ornamentais Ltda. - ME.
tel.: (0xx11) 4742-6263